Ideias antigas

Fósseis, árvores, minorias, filhos e outras coisas fora de moda

Minha foto
Nome:

Apenas uma relíquia do Plioceno...

quinta-feira, setembro 01, 2005

Não dá pra competir

ESSA CARTA chegou hoje à redação da Folha de S.Paulo:

Caros, nesta reportagem, o trecho abaixo está equivocado: "E boa parte dessas
modificações se deu de maneira trivial ao longo dos cerca de 6 milhões de anos
transcorridos desde o ancestral comum de ambos, com a mera troca de uma letra
num gene, a duplicação de um conjunto de letras qualquer ou a deleção de outro".
Primeiro, porque essa estória de ancestral comum não existe: e uma teoria, e é
assim que precisa ser tratada. Não pode ser colocada como um um fato, porque não
é!! Em segundo, essa descoberta provou justamente, inconstestavelmente, que essa
evolução jamais ocorreu, principalmente, da maneira descrita nesse trecho. Uma
pequena mudança faria algo bizarro, sem espaço para essa aleatoriedade
apregoada, que não pode ser capaz de gerar a ordem observada. Em síntese,a
experiência científica provou definitivamente, que a teoria da evolução é uma
tolice. Colocá-la nos termos desse trecho acima,é querer que cadáver faça
discurso. Os motivos disso são meio suspeitos. Vívian

4 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Katrina Reignites Global Warming Debate
Hurricane Katrina's fury has reignited the scientific debate over whether global warming might be making hurricanes more ferocious.
Hey, you have a great blog here! I'm definitely going to bookmark you!

I have a work from home site. It pretty much covers work from home related stuff.

Come and check it out if you get time :-)

3:57 PM  
Anonymous Daniel Doro Ferrante said...

Grande Paranthropus,

Apesar da sua idade fortemente avancada, eu digo: "Quem mandou vc estudar?!" Se vc tivesse virado jogador de futebol, com esse bom humor, já teria virado um Romário-da-vida; ou, quem sabe, até um Robinho!

Esse negócio de estudar anos e anos a fio é coisa pra "mané": Tá lá a Bíblia que não me deixa mentir. Vc vai pra escola com uns 3 anos de idade e perde o resto da sua vida por lá... e pra quê?! Pra discutir com o Todo Poderoso?! Santa Ignorância, BatMan.

Mas é assim mesmo, meu velho... o negócio é começarmos a comprar machados, porretes e afins e nos prepararmos para a próxima Idade Medieval... porque ela está vindo a todo vapor e em diversos e variados lugares do Mundo! (Eu já tô garantido: Kung-fu + espadas + Guan Dao... não vai ter ninguém que me segure! ;)

Um abração! []'s!

6:20 AM  
Blogger Paranthropus said...

Caralho, comissário, e eu CONTINUO recebendo spam no blógue. Como é que pode ser verdade uma porra dessas?
Daniel, aqui no Plioceno ainda não inventaram a bola, nem a roda. Já tentei jogar com pedaços de sílex, mas não deu certo. Meu estrelato como jogador de futebol vai ficar pra depois da volta de Jesus Cristo -- o que, a julgar por comunicações como aquela acima, deve estar pertinho de acontecer. Stay tuned, e Aleluia, irmão.

9:31 AM  
Anonymous Daniel Doro Ferrante said...

Porra, Parathropus: Eu tenho recebido uma média de 30-50 spams, por DIA, no meu blog! A sorte é que o software que eu uso me permite (1) não publicar esses ditos-cujos antes d'eu aprová-los; e (2) poder deletar os eventuais que passam por esse filtro. (Isso sem contar a infinidade de spams que eu recebo por email! Tá um inferno ultimamente... Mas é bem assim que a coisa funciona mesmo: em ondas. Tem época que é absolutamente impossível lidar com spam e, tem épocas em que tudo fica mais calmo.)

Nem sei o que te dizer pra facilitar a sua administração dessa situação. (Quer dizer, a menos de vc apagar cada um na mão.)

Quanto a fanatismo religioso, deixa eu aproveitar e contar uma estorinha mais longa (que não cabe no UOL por causa do limite de caracteres): No Depto de Física da Brown há um secretário que não só é fundamentalista religioso (o que chamamos genericamente de evangélico, os famosos "born again Christians") como também é republicano conservador (apoiador de "vc-já-sabe-quem", atual presidente - that shall remain nameless ;).

Pois bem, eu tenho um amigo búlgaro ("comunista comedor de criancinha") e um amigo grego (também comedor de criancinha) que dividem o laboratório bem em frente do "quiósque" (será que é assim que se escreve "kiosk/booth"?) desse secretário. Pois bem, cada vez que eu subo pra visitar esses meus amigos, esse cara me persegue pra dentro do lab e começa a pregar pra nós, infiéis. Por horas e horas a fio...

[N.B.: Nós que somos os infiéis, mas é ele que se aproveita e deleita com TODA a tecnologia que a gente gera com a nossa pesquisa científica... Nessas horas, ninguém fala de voltarmos pras cavernas e vivermos sem sinal algum de ciência... ;]

Num certo sentido, eu confesso que tenho muita pena e dó desse secretário... porque fica claro que não são muitas as pessoas (principalmente dentro dum depto de física!) que estão dispostas a "jogar conversa fora" com ele. Logo, nós que somos bobos e atenciosos, acabamos tomando na cabeça. Carência pura.

Mas, infelizmente, esse cara não sabe quando parar: Quando os argumentos dele se acabam, ele - claro! - apela pras ofensas pessoais e pros juízos morais... e, pior, sem nem entender que está fazendo isso! (Nessas horas que é sempre bom lembrar essas pessoas que Jesus mesmo MANDOU que eles não julgassem os outros... ;)

E, vou dizer, é difícil de se "livrar" do cara, nem as grosserias mais aviltantes são capazes de fazê-lo deixar-nos em paz (o que só reforça o diagnóstico de carência aguda). Olha só o que esse meu amigo búlgaro, bem bárbaro, já chegou a dizer pra esse cara: "Fulano, os Romanos que sabiam lidar bem com os Cristãos: Eles os jogavam no Coliseu pra alimentar os leões!" :)

Um abraço! []'s!

10:18 AM  

Postar um comentário

<< Home